Curitiba boa e barata

Quem disse que para fazer programas legais, conhecer lugares diferentes e se divertir é preciso gastar muito?

Aqui em Curitiba é diferente, é possível gastar bem pouco (ou nada) para fazer programas de lazer e cultura conhecendo a cidade, passando por roteiros super interessantes!

O Hostel Roma pesquisou bastante e trouxe para vocês algumas sugestões!

 

Grátis na praça

Na imponente construção de 1916 que já sediou a prefeitura, hoje funciona o Sesc Paço da Liberdade, uma das mais bonitas unidades da rede no Brasil.
pacodaliberade1
Na vasta programação cultural, sobressaem os shows e as sessões de cinema realizados, gratuitamente, na praça em frente à entrada — em janeiro, o clássico O Gabinete do Doutor Caligari, de 1920, foi exibido em um telão montado ali para uma multidão de 800 pessoas. Dentro do palacete, os espetáculos também satisfazem o bolso. No dia 26 de abril, o músico Marcelo Jeneci sobe ao palco por R$ 40,00 o ingresso (R$ 20,00 para comerciários, estudantes e idosos).
Praça Generoso Marques, 189, centro, 3234-4200. 10h/21h (sáb. até 17h; dom. 11h/17h; fecha seg.).
www.sescpr.com.br.
Três em um
Além de visitar um casarão superpreservado do fim do século XIX, quem chega ao Solar do Barão tem a chance de conhecer o Museu da Fotografia, que guarda cerca de 3 000 imagens de profissionais como Sebastião Salgado e Claudia Andujar, e o surpreendente Museu da Gravura.
solardobarao
Com cinco salas de exibição, esse último abriga preciosidades entre as 2 800 obras de sua coleção — está lá, por exemplo, uma serigrafia assinada por Andy Warhol. Embora nem sempre esteja à vista do público, a peça do artista americano integra, vez ou outra, algumas das mostras do acervo, que são trocadas a cada três meses. O passeio “combo” ao Solar tem um atrativo extra: a entrada a qualquer um dos ambientes é grátis.
Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 533, centro, 3321-3367. 9h/12h e 14h/18h (sáb. e dom. 12h/18h; fecha seg.). www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br.
Passeio erudito
Ao menos duas vezes por mês, as manhãs de domingo no Guairão, um dos auditórios do histórico Teatro Guaíra, são tomadas pelos concertos da Orquestra Sinfônica do Paraná.
guaira
O valor do ingresso para o espetáculo, nunca ultrapassa os R$ 20,00.
Ativo desde 1985, o grupo será regido por maestros convidados ao longo deste ano — entre eles estará Fabio Mechetti, paulista que dirige a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e a Sinfônica de Jacksonville, nos Estados Unidos.
Outra atração erudita e barata é a Capela Santa Maria. Erguida em 1939, ela virou sede da Camerata Antiqua de Curitiba.
Com coro e orquestra, o conjunto se apresenta sempre às sextas e aos sábados, às 20h e às 18h30, respectivamente. A entrada custa R$ 30,00.
Teatro Guaíra. Rua XV de Novembro, 971, centro, 3304-7999.
Bilheteria: 10h/22h. Espetáculos da Orquestra Sinfônica: dom. 10h30 (duas vezes por mês; esporadicamente, também nas noites de sexta). Entrada: R$ 20,00 (R$ 10,00 para estudantes e idosos).
Capela Santa Maria. Rua Conselheiro Laurindo, 273, centro, 3321-2840. Bilheteria: 9h/12h e 14h/18h (fecha sáb. e dom.).
Entre e visite à vontade

Conhecido como Solar do Rosário, o centenário casarão cor-de-rosa instalado no Largo da Ordem não merece ser apenas contemplado de fora.
Para entrar, não se cobra nada: todos são bem-vindos para passear entre o jardim, a livraria e a galeria de arte que, além de mostras temporárias, abriga um acervo com obras de artistas paranaenses como Poty Lazzarotto e Fernando Calderari.
solardorosario
Também funciona ali dentro o No Kafe Fest, premiado três vezes em VEJA CURITIBA “Comer & Beber” por servir o melhor café colonial.
Seu bufê de 65 quitutes, incluindo um famoso pudim de clara, fica montado das 16h às 20h, a R$ 32,00 por pessoa (R$ 34,00 aos sábados).
Rua Duque de Caxias, 4, Largo da Ordem, São Francisco, 3225-6232. 10h/20h (sáb. até 13h; dom. 10h30/14h).
No Kafe Fest: 15h30/20h (fecha dom. e seg.)
Caixa de cultura
 As unidades da Caixa Cultural no Brasil ficaram famosas pela programação farta e barata.
caixacultural
A área reservada à galeria de arte sedia exposições nacionais e internacionais, sempre com entrada grátis — a partir de 20 de maio, o local recebe A Magia de Miró, Desenhos e Gravuras, uma importante reunião de obras do artista catalão Joan Miró.
Rua Conselheiro Laurindo, 280, centro, 2118-5111. Bilheteria: 12h/20h (dom. 16h/19h; fecha seg.).
Só para ciclistas

Algumas ruas da cidade transformam-se em grandes ciclovias nas noites de terça, quando o projeto Pedala Curitiba convida moradores e visitantes a passear de bike em trajetos de 15 quilômetros cada um.
bike
Há percursos em diferentes bairros, mas o mais procurado parte da Praça Garibaldi, no Largo da Ordem — ali, a concentração chega a ser de 200 pessoas por noite, a partir das 19h45.
Às 20h15 tem início o roteiro, que é monitorado por técnicos da prefeitura e acompanhado por guardas e agentes de trânsito.
Saídas da Praça Garibaldi, Largo da Ordem. 19h45 (ter.)
Orgulho curitibano

Embora esteja instalado no histórico Palácio São Francisco, construído na década de 20, o Museu Paranaense ficou mais conhecido pelo moderno pavilhão anexo.
museuparanaense
Ali, os visitantes costumam se concentrar no espaço dedicado ao período préhistórico do estado. Sambaquis e objetos com mais de
1000 anos de idade compõem a seção, que acaba de ganhar fotos da mais recente descoberta feita pela instituição.
Em fevereiro, a equipe de arqueólogos do museu encontrou uma complexa pintura rupestre, que deve ter sido feita há 4 000 anos, em Piraí do Sul, a cerca de 170 quilômetros da capital.
O ingresso é grátis.
Rua Kellers, 289, São Francisco, 3304-3300. 9h/18h (sáb. e dom. 10h/16h; fecha seg.)
Happy hour no museu
Nas noites de quinta, o fim do expediente em Curitiba pode ser comemorado de um jeito diferente: no lugar de chope em dobro e petiscos, que tal um passeio no Museu Oscar Niemeyer (MON)?
MON
Nesse dia da semana, o horário de funcionamento é estendido e, entre 18h e 20h, ninguém paga para visitar a famosa construção em formato de olho. Além de conhecer um pouco do acervo, formado por 3 300 obras de artistas como Tomie Ohtake e Di Cavalcanti, o público encontra importantes mostras temporárias.
Entre 17 de julho e 2 de novembro, por exemplo, o museu será o único do país a receber a exposição Frida Kahlo — As Suas Fotografias, uma seleção de retratos da artista mexicana.
Rua Marechal Hermes, 999, Centro Cívico, 3350-4400. 10h/18h (qui. até 20h; fecha seg.)
Entrada: R$ 6,00 (grátis no primeiro domingo do mês e às quintas, 18h/20h)
Uma tarde à polonesa

No Bosque do Papa João Paulo II, as caminhadas e pedaladas podem ser interrompidas por uma “visita” à Polônia.
bosquejoaopaulo
Há duas maneiras de fazer essa viagem: entre as sete construções de arquitetura típica, erguidas com troncos de madeira, e na casa de chá Kawiarnia Krakowiak, que serve o tradicional doce kremówka, um folhado com creme de baunilha e nata (R$ 7,50).
Rua Mateus Leme, s/nº, Centro Cívico. 6h/20h. Memorial da Imigração Polonesa: 9h/18h30 (fecha seg.).
Tour com os amigos de fora no Jardim Botânico

Depois da sessão de fotos em frente à estufa de vidro, símbolo do Jardim Botânico, a dica é acompanhar os amigos turistas até o Jardim das Sensações.
jdsensacoes
Ali, mais de cinquenta tipos de planta margeiam um caminho de 200 metros e podem ser tocados à vontade pelo público — uma venda para os olhos, fornecida pela equipe, torna a experiência mais interessante.
Rua Engenheiro Ostoja Roguski, 690, Jardim Botânico, 3362-1800. 6h/20h.
De tudo um pouco
Já ouviu falar em venda colaborativa? Em 2010, a paulistana Endossa trouxe para Curitiba esse sistema de comércio, que reúne em um mesmo espaço dezenas de expositores, sobretudo novos estilistas. Nessa espécie de galeria, eles alugam pequenas prateleiras por um período predeterminado e precisam cumprir metas de vendas. Quem não consegue passa o ponto. Dessa forma, o público é que decide sobre a permanência das marcas. Os produtos são variados, descolados e têm ótimos preços. Na Cute Shop, a designer Fernanda Higa vende acessórios femininos, como o maxicolar preto no formato de águia (R$ 42,00). Cosméticos artesanais são a especialidade da Sallie Body and Home, comandada pela farmacêutica Elisa Sokoloski. O sabonete glicerinado, enriquecido com óleo vegetal de babaçu, sai por R$ 8,90 (200 gramas). Outro achado é a Vaca & Cia, com uma linha de mais de 150 itens de decoração e presentes. O kit com quatro copinhos de cachaça custa R$ 29,00.
Alameda Doutor Carlos de Carvalho, 1148, Batel, 3387-9233. 10h/20h (sáb. até 21h; fecha dom.). Cc: D, M e V. Cd: M, R e V.
Música Brasileira, de graça!
Antes ou depois das compras na Feira do Largo da Ordem, todos os domingos, que tal ouvir música brasileira no Conservatório de MPB, localizado bem pertinho dali? Semanalmente, o projeto Domingo Onze e Meia traz apresentações gratuitas de artistas, que mostram composições autorais ou releituras de clássicos da MPB.

Rua Mateus Leme, 66, São Francisco, 3321-3315
O Hostel Roma espera que vocês aproveitem as dicas e a nossa Cidade!
;)